48% DOS COMERCIANTES E PRESTADORES DE SERVIÇOS ACREDITAM QUE O 2º SEMESTRE SERÁ MELHOR